ARTIGOS
 

Apesar de muitos praticantes da corrida virarem a cara para o fortalecimento muscular, acredite: Ele é um dos melhores amigos do corredor

O ciclismo de estrada é pura velocidade, até você acionar os freios da bike em uma curva ou emergência. Assim, tão importante quanto acelerar é saber reduzir o ritmo quando necessário, fazendo isso de forma segura e sem perder tempo, de preferência.

Você está no auge do treino quando, de repente, sente uma fisgada na virilha que o faz parar de correr. Quem já teve problemas nessa região do corpo sabe o quanto a virilha pode incomodar durante as passadas. Nos corredores, os principais problemas ligados a essa parte do corpo aparecem na forma de tendinites ou com a pubalgia.

Alguma vez, enquanto você corre ou depois de se dedicar às passadas, você sente uma sensação de dormência (sem relação com o tempo frio) nos dedos dos pés?

Quem pratica actividades físicas sabe que cada pessoa tem seu limite e o quanto pode ou não ultrapassá-lo. Para quem corre não é diferente, ao ir além do que deve, o corpo começa a dar alguns sinais, como por exemplo o overtraining. Lesões também são algo recorrente em pessoas que acabam exagerando na corrida.

Logo após a corrida, as sensações de liberdade, conforto e meta cumprida são inexplicáveis. Só quem corre sabe. Porém, no dia seguinte, aquela dorzinha que você tanto temia aparece. Iniciantes e pessoas que estão voltando a treinar após um bom tempo paradas são quem mais sofre com essas dores musculares pós-treino.

Para entender a importância de fortalecer os joelhos, é preciso analisar o papel deles no gesto da corrida. O fisioterapeuta Reginaldo Fukushi explica que a passada possui duas fases distintas. A de apoio (com um dos pés no chão) e a aérea (sem contato com o solo). "Na primeira, o joelho deve flexionar gradativamente, auxiliando na absorção do...

É interessante é que independente de quanto tempo passe ou como o cenário da musculação evolua, as perguntas tendem a ser sempre as mesmas. Por que não respondê-las em um só lugar, de maneira simples e direta ? Vamos ao que interessa...